O amor pela Geografia.

           Há algumas décadas, as vivenciais do lugar eram transmitidas através do convívio entre as gerações. Os mais jovens (meu caso) ficávamos calados ouvindo os mais velhos contarem sobre: o maluco do bairro, a vaca que caiu da pedreira, o cachorro que furava todas as bolas que caiam no seu quintal, etc. Assim os momentos se perpetuavam, pois rendiam histórias extremamente engraçadas. Momentos mágicos aqueles. Era como se eu estivesse diante de uma fogueira ouvindo “anciões”, pois algumas histórias se revestiam de ensinamentos, e o meu bairro fosse a minha floresta. Algo tribal, um rito de passagem. Tornávamos guardiões da cultura do lugar.

          Creio que veio daí minha paixão por uma ciência onde encontro amparo para compreender que a relação que estabelecemos com o local onde aprendemos a ver o mundo é muito mais profunda que pensamos: A Geografia.

 

PARTICIPEM DO MEU SITE: GEOVERDADE.COM

TEM MUITA COISA LEGAL LÁ.

BASTA SE INSCREVER NO WORDPRESS, É RÁPIDO!!!

ABRAÇOS A TODOS E OBRIGADO PELAS VISITAS!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s