O que é Soft Power?

          A noção de soft power, o poder brando dos Estados, pode ser definida corno a capacidade de atrair ou seduzir indivíduos c grupos para o lado que se esteja defendendo sem o uso da coerção. No caso da política externa, trata-se de convencer outros países a querer o que o seu próprio país está buscando, sem a necessidade de ordenar ou coagir por meios militares ou económicos. A barganha e a negociação são elementos constitutivos do poder brando, considerado a outra face do hard power. Seriam três as suas principais fontes: a cultura (que pode ser atraente e exercer fascínio sobre indivíduos e sociedades de outros países), os valores políticos (democracia, direitos humanos, boa vizinhança, justiça social, etc.) e a diplomacia (desde que considerada legítima e portadora de alguma forma de respeitabilidade e autoridade moral).

 

A prisão de Lula e o Soft Power do Brasil.

 

 

Atlas da Política Externa Brasileira – Carlos Milani/Enara Munuoz/Rubens Duarte/Magno Klein – Eduerj.

 

Professor Luciano Mannarino

ezgif.com-video-to-gif (2)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s