dicionário

O que é a foz de um rio?

Foz

Boca de descarga de um rio. Este desaguamento pode ser feito no mar, num lago, numa lagoa, ou mesmo num outro rio. A forma da foz pode ser classificada em dois tipos:

1 — estuárioResultado de imagem para tipos de foz de rio

2 — delta.

Resultado de imagem para tipos de foz de rio

A do primeiro tipo é constituída por um longo canal de forma afunilada; e a do segundo, quando se verifica o aparecimento da construção de uma série de ilhas, braços e canais formando intrincada rede potâmica, ex.: o delta do Nilo, Mississippi, Parnaíba etc. O aparecimento do delta só se torna possível quando se verifica a existência de uma série de condições como: grande quantidade de material só- lido em suspensão, pouca profundidade na foz, ausência de fortes correntes marinhas etc.

Algumas vezes não há concordância de altitude, estando a foz do rio a vários metros acima do rio principal; neste caso, tem-se o que se denomina, em geomorfologia, rio de foz suspensa. Tal fenômeno é produzido por um afundamento mais rápido do rio principal. Alguns movimentos de costa também podem fazer variar o nível de base, e consequentemente dão aparecimento a um rio de foz suspensa. No caso de rios que percorrem regiões calcárias e que, ao chegarem ao litoral, têm a foz suspensa, dá-se o nome de valleuse  a este tipo de costa.

Os degraus que aparecem na foz de um rio podem ser devidos à erosão mais forte no rio principal, ou, ainda, a uma falha. Quando o degrau não está em função da erosão diferencial ou de falhas, pode ser uma prova de erosão cíclica.

O tipo de desaguadouro de um rio, isto é, sua foz ou boca, está em função da topografia costeira, da natureza das rochas, da cobertura vegetal ou, melhor, do sistema morfoclimático reinante na bacia de drenagem e, também, da dinâmica marinha.

A acumulação maior ou menor de sedimentos na foz vai depender do volume trazido pelo rio como, também, das correntes costeira.

Uma bacia de drenagem existente numa área equatorial, ou tropical úmida, terá uma carga aluvial predominantemente argilosa e o depósito na foz do rio dará origem a praias de lama. Como exemplo, pode-se citar o delta interno do Amazonas, na região do furo de Breves.

O delta do Amazonas apresenta um caso complexo, uma vez que o aluvionamento é interno; na parte externa não há praticamente aluvionamento. A observação das cartas geográficas revela que os deltas dos rios como o Mississippi e o Nilo se projetam na direção do golfo do México ou do mar Mediterrâneo, dando uma forma convexa ao litoral, enquanto o do Amazonas é reentrante.

 

Fonte Novo dicionário geológico-geomorfológico/Antonio Teixeira Guerra, Antonio José Teixeira Guerra-Bertrand Brasil

 

Prof. Luciano Mannarino.

0 comentário em “O que é a foz de um rio?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: