crônicas

Chuveiro Elétrico!

          Tive uma infância muito limitada. Meu pai ganhava a vida como engraxate. Tinha uma banca na Av. Pres. Vargas (Rio de Janeiro) e era lá que ele ganhava o sustento da nossa família. Não tínhamos geladeira e nem televisão (se bem que nas décadas de 1960 e 1970 não era muito comum a presença desses dois eletrodomésticos numa casa). Dormíamos por volta das 20:00 horas sem muito o que fazer. No entanto, tínhamos um chuveiro elétrico! Sim, um chuveiro velhinho e barulhento que sempre apresentava defeitos, mas nunca deixou de funcionar, pois meu pai, como um relojoeiro suíço, tinha uma enorme paciência para consertá-lo. Me lembro um dia que chegou do trabalho e ficou até altas horas sobre um amontoado de peças para procurar o defeito. Eu nunca entendia aquilo afinal eram tantas carências. Essa obsessão do meu pai, em relação ao chuveiro elétrico, é uma das lembranças marcantes que eu tenho da minha infância.

          Bom, há pouco tempo conversando com minha mãe sobre esse nosso passado, veio a explicação.

– É realmente não tínhamos nada. Eram bons tempos mesmo com todas aquelas limitações.

– É verdade, a Senhora nunca reclamou  da vida que tínhamos.

– Bom, ele nunca deixou faltar o único conforto que pedi quando casamos.

– Qual?

– Ter água quente. Ele sempre soube que eu odiava tomar banho frio!

 

 

Luciano Mannarino.

 

#geoverdade

1 comentário em “Chuveiro Elétrico!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: