memórias do lugar

Sentindo o Arco Íris.

    – Tratasse de uma ilusão de ótica. Só podemos enxergá-lo se tivermos numa determinada perspectiva. Ele existe e não existe.

         Disse a professora de ciências após abrir a janela da sala de aula  e chamar a atenção da turma para o belo arco íris que rasgava o céu daquela tarde de verão. A chuva tinha diminuído e fazia calor.

         O “Ele existe e não existe”  ecoava na minha mente enquanto caminhava em direção a minha casa e antes de entrar pela porta, fiz um dos meus primeiros questionamentos existenciais. Será que tudo na vida é um arco íris? E se for, então podemos ver belos arco íris em qualquer lugar e em qualquer situação. Não precisamos da perpectiva do acaso. Nós é que escolhemos o ponto de vista.

           Ainda chovia, cheguei  ensopado e minha mãe me deu uma bronca.

– Vai pegar um resfriado. Tu não tem jeito mesmo. Fique aqui que vou pegar uma toalha!

          E quando ela me cobriu.  Senti um Arco íris.

 

Prof Luciano Mannarino

(memórias do lugar)

ezgif.com-video-to-gif (2)

 

Categorias:memórias do lugar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s