VIVA FERA!

Não me canso de estudar a morte.

Como é fértil e reverbera novos ângulos conforme a hora em que a entrevejo na minha trajetória.

Preencho-a de significados vários.

Ela cresce,

Me fascina,

Me enriquece,

Me habita viva feito fera que parece domesticada

E, no entanto,

Soberana

Mansamente

Me devora.

Affonso Romano de Sant’Anna

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s