Adeus

Não há mais o doce diálogo que sempre acompanhava o carinho no seu cabelo…

Agora, apenas um olhar circunspecto que abriga um doloroso conflito interior.

Em seus pensamentos, a menina que quer brincar luta contra o vulto de uma adolescente que a assombra e seduz.

Sua amiga de plástico está próxima a ser apenas um brinquedo!

Eduarda, minha filha, amadurece…

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s