Adeus

Nas mãos uma amiga.

Não há mais o doce diálogo que sempre acompanhava o carinho no seu cabelo…

Agora, apenas um olhar circunspecto que abriga um doloroso conflito interior. Em seus pensamentos, a menina que quer brincar  luta contra o vulto de uma adolescente que a assombra e seduz.

É uma batalha injusta minha criança e sua companheira de plástico não pode te ajudar..

Nas mãos uma amiga que cada vez mais se torna uma boneca.

Sim, Eduarda amadurece…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s