Atividades Brasil Clima

Os Climas no Brasil (atividade)

Análise sobre os principais fatores climáticos dos Climas brasileiros.

Primeiro Ano do Ensino Médio.

Os climas

O Brasil apresenta uma considerável tipologia climática, decorrente diretamente de sua extensão geográfica e da conjugação entre os elementos atmosféricos e os fatores geográficos particulares da América do Sul e do próprio País. Entre os principais fatores que determinam os tipos climáticos brasileiros, destacam-se:

configuração geográfica, manifestada na disposição triangular do território, cuja maior extensão dispõe-se nas proximidades da Linha do Equador, afunilando-se em direção sul. Isso explica a grande extensão do Clima Equatorial em relação as demais.

maritimidade, pois o litoral tem uma considerável extensão e é banhado por águas quentes — particularmente a corrente sul equatorial e a corrente do Brasil – e frias – corrente das Malvinas (ou Falklands). Isso explica a elevada umidade dos climas litorâneos na faixa nordeste e sudeste.

continentalidade, A disposição geográfica do “continente Brasil” apresenta uma expressiva disposição continental interiorana, ou seja, uma expressiva extensão de terras que se encontra consideravelmente afastada da superfície marítima, formando um amplo interior. Isso explica a existência de nuances do Tropical influenciado pela continentalidade: O Tropical Semi úmido.

modestas altitudes do relevo, expressas em cotas relativamente baixas e cujos pontos extremos atingem somente cerca de 3.000 m, isso explica a existência de variação climáticas influenciada pela altitude no Brasil. Na serra do mar, o Tropical de Altitude e nas serras do sul (catarinense e gaúcha) um Subtropical com médias mais baixas.

extensão territorial, que compreende uma área de cerca de 8.511 milhões, disposta em sua grande maioria no hemisfério Sul — o hemisfério das águas. Isso explica a existência de vários climas em nosso pais. Estudos aponta para cerca de 14 padrões climáticos.

posição geográfica, o país se encontra, em sua maior parte na faixa tropical. Isso explica a existência de climas Tropicais e o Equatorial. No sul, após a linha do trópico de capricórnio, aparece o Subtropical

disposição do relevo, a distribuição dos grandes compartimentos de serras, planaltos e planícies, formam verdadeiros corredores naturais para o desenvolvimento dos sistemas atmosféricos em grandes extensões, principalmente de movimentação norte-sul. Isso explica a facilidade que a massa polar atlântica tem de atingir porções do centro oeste e até o norte do país.

dinâmica das massas de ar , das quais as que mais interferem no Brasil são a equatorial (continental e atlântica), a tropical (continental e atlântica) e a polar atlântica. O predomínio de massas úmidas e quentes explica a tropicalidade do nosso clima.

vegetação, a considerável evapotranspiração das áreas com vegetação exuberante, como a Amazónia e a serra do Mar contribuem para existência de climas úmidos.

atividades humanas, a alteração provocada na atmosfera pelas extensas regiões de agricultura/pecuária de localidades de expressiva espacialização urbano-industrial, como as áreas metropolitanas na porção litorânea e centro-sul, devem ser mencionadas ao se arrolar os fatores geográficos na composição dos grandes climas brasileiros e de climas locais (microclimas urbanos).

Pelas características da atmosfera e, de maneira especial, pelas condições estáticas e dinâmicas particulares ao território brasileiro, pode-se constatar a existência de cinco grandes compartimentos climáticos. Essa divisão, baseada principalmente na distribuição da temperatura e da pluviosidade registradas no conjunto da Nação, associada às características geográficas e à dinâmica das massas de ar , é acrescida aqui de outras características e de climogramas que realçam os subtipos de cada um dos grandes tipos climáticos brasileiros.

Os cinco principais tipos climáticos do País detêm um elevado grau de generalização dos elementos climáticos, notadamente de suas médias, em relação à considerável extensão dos territórios aos quais são atribuídos. Esses grandes domínios abarcam uma infinidade de subtipos climáticos particulares que, uma vez analisados, permitem conhecer a diferenciação interna de cada um dos grandes tipos aqui apresentados. Assim, ao se fazer a caracterização genérica dos cinco grandes domínios climáticos brasileiros, detalhando-os em vários subtipos, faz-se uma aproximação à realidade climática do Brasil a evidência de alguns de seus detalhes é apresentada em climogramas e nos controles atmosféricos relativos a cada subtipo.

Climate_of_Brazil.tif

Fonte: Climatologia Noções básicas e Climas do Brasil – Francisco Mendonça/Inês Moresco Danni-Oliveira. Oficina de Textos.
Reflexões sobre a Geografia Física no Brasil – Antonio Carlos Vitte/Antonio José Teixeira Guerra – Bertrand Brasil

Questões

  1. O texto menciona as “condições estáticas e dinâmicas particulares ao território brasileiro” para definir cinco grandes padrões climáticos. O que são condições dinâmicas? Exemplifique.
  2. Analise o papel da massa polar atlântica no clima brasileiro apontando os meses onde ela é mais atuante.
  3. Por que a ação antrópica vem sendo cada vez mais evidenciada nas condições climáticas em tudo o mundo?
  4. Por que há um predomínio de climas quentes e úmidos na faixa tropical do planeta?

Prof Luciano Mannarino.

0 comentário em “Os Climas no Brasil (atividade)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: