“Edmundo Político”

Após cada derrota, um batalhão de repórteres de campo corria em direção ao Edmundo porque sabiam que o folclórico temperamento intempestivo do jogador, vitaminado pelo sangue quente do jogo, garantiriam bombásticas declarações. A língua afiada não poupava ninguém: juiz, adversário, técnico, dirigentes, torcida e até colegas de time. Todos eram responsáveis pelo resultado. Não ficava pedra sobre pedra.
Me parece que Bolsonaro é o “Edmundo” da política, basta abrir o microfone que o furo da reportagem está garantido: racismo, misoginia, intolerância, violência etc. são despejados sem nenhum pudor. As declarações soam como um mantra para eleitores que acreditam que nossas mazelas são compreendidas com o fígado!
Porém, para boa parte dos indecisos que ainda se encontram circunspectos, elas levam um possível apoio ao limite.
Será que vale a pena? Se perguntam!

Luciano Mannarino.

#geoverdade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s